Página Inicial > História
Cidade
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Em 1849, o Marechal Andréa recebe a tarefa de escolher o local e a respectiva planta de execução situada em área do Taim, mais precisamente nas terras pertencentes a sesmaria de Antônio Carvalho Porto, que prontamente atendem a proposta destinando terras na "Coxilha do Palmar".

Elevação de freguesia e vila, em outubro de 1858 foi criado o 2º distrito do Taim, constituído pela Capela Santa Vitória do Chuí. Em dezembro do mesmo ano foi sancionada a lei 417, elevando-a a categoria de Freguesia com a mesma invocação da Capela de Santa Vitória, esta que era a Santa de devoção de Germana Rita de Brito da Vitória, esposa do Marechal Andréa.

Através da lei 808 foi elevada a categoria de Vila a povoação de Santa Vitória do Palmar de Lemos, conforme despacho do Bacharel José Costa Pereira Nunes, presidente da Província de São Pedro do Rio Grande do Sul e criou os primeiros lugares de Primeiro Tabelião e Escrivão do Público, Judicial e Notas, e Órfãos Contador e Partidores do Juízo.

Em 24 de dezembro de 1888, através da lei 1736, elevou a vila a categoria de cidade.

E no distrito do Taim o local denominado Coxilha do Palmar, consta em ata desde de 19 de dezembro de 1855, esta lavrada pelo então escrivão Norberto de Souza Leite e assinada por Manuel Corrêa Mirapalhete, Jacinto Dias de Oliveira, Antônio Rodrigues Corrêa, Antônio Thomas Corrêa Viana...

Vera Maria Rodrigues
Responsável pela Área de
História do Museu Municipal.

 
Destaques
 
 
Cidade
Prefeitura
 
 
Secretarias
Serviços
 
 
 
 
 
 
 
Fale conosco
 
Prefeitura de Santa Vitória do Palmar - Rua Mirapalhete 1179 - CEP 96230-000 - RS - Fone:(53) 3263-8000
Copyright © 2010 - 2017 Departamento de Informática. Todos os direitos reservados. Logar